sábado, 25 de julho de 2009

Corações Tão Diferentes


Em meu coração
Existe uma louca paixão
Uma paixão descontrolada
Uma paixão mal amada
No seu existe apenas um vazio
Que é frio
Como um anoitecer
E você sem perceber
Vai aos poucos se entristecer
E mesmo que não fale
Eu vejo no seus olhos
Que você se obriga a reconhecer
Que seu coração
Está em numa imensidão
Só de solidão
Pena que nossos corações
Nunca cruzarão
Formando um só
Com duas paixões
Nossos corações
São tão paralelos
Eu duelo
Contra a razão de meu coração
Que é contra
A razão da razão
Dizendo que essa paixão
Sempre permanecerá
Em meu coração


(Autor desconhecido)

2 comentários:

  1. minha nossa senhora ., ainda morro disso!

    ResponderExcluir
  2. Os poemas mais lindos são de autores desconhecidos Fato!

    ResponderExcluir